Samamba Vs Sky

Já postei aqui o primeiro episódio, está em alguma das postagens abaixo no blog.
Faço questão de postar os demais pois me deu muita raiva dessa empresa filha da puta.
Os vídeos têm em torno de 5 minutos acho, mas eu vi todos.
Jamais assinarei Sky.







Mike de Mosqueiro

Depois do sucesso da postagem do Maicow Nite:
http://bolhanarede.blogspot.com/2009/07/maicow-nite.html
O Bolha na Rede lança mais um artista de rua que é puro talento.
Chegou o músico de um dente só, Mike de Mosqueiro.



Aqui, Mike mostra todo seu domínio em inglês.

Olha a cagada

Sempre olhe para os 2 lados antes de atravessar a rua.
video

Grafites com fita adesiva

O nome do artista é Buff Diss, de Melbourne.
Teve a ideia de largar o spray e fazer seus grafismos com fita adesiva.
Ta se dando bem.











Adilson Loucão

Ideia para quem não tem nada pra fazer

1º Mate umas moscas, mas com cuidado.
2º Deixe no sol por 1 hora até secar.
3º Recolha as moscas, pegue lápis e papel e deixe a imaginação fluir.

Alguns exemplos:










Nunca, eu disse nunca assinem Sky

Fiquei com muita raiva.
Acho que eu to muito mais irritado que o mufa do vídeo.

Não adianta...

Bambi adora cair de bunda.

Inauguração de um navio, o primeiro mergulho a gente nunca esquece

O carro sai da Fábrica andando, assim como a moto e o caminhão. E os navios?
Da uma olhada.

Cantei a pedra

Mas não era pedra, era pó mesmo.
Nesta postagem afirmei que o Zina do Pânico fuvaca crack:
http://bolhanarede.blogspot.com/2009/10/zina.html
O que faz um viciado em crack quando ganha muito dinheiro de uma hora pra outra?
Cheira pó.
Pois bem, hoje o Zina foi preso com cocaína:
http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI4067070-EI5030,00-Zina+do+Panico+na+TV+e+preso+com+cocaina+em+SP.html

Aviso SAMU



Bolha na Rede também é utilidade pública. Faz aí que não custa nada.
Nunca se sabe quando uma acidente pode acontecer.
Vai que tu entra em um ônibus cujo motorista é um filho da puta como o do vídeo abaixo, que apressadinho quase matou uma galera. Notem que no momento da batida uma senhora atravessa o vidro da frente e cai ao lado do outro ônibus:

O cara é foda mesmo

Mestre dos mestres


EMBED-Falling With Style - Watch more free videos

J. E. S. U. S 2000,

Animação brinca ao imaginar se Jesus tivesse vivo no anos 2000, é uma versão dos franceses Rémi Bastie, Jean-Baptiste Cumont, Clément Desnos, Jonathan Djob Nkondo e Nicolas Pegon do estúdio Wizz, confire aí:


JESUS2000 from jesus 2000 on Vimeo.

Bolha News

Lembra da Anna Chlumsky, que fez "Meu primeiro Amor"?
Deve estar fazendo muito amor agora, porque ta gostosa pra caralho.

O campeonato é de pontos corridos...

Mas hoje é mata-mata.
E se é uma final antecipada, só traz boas lembranças.

Desandou o Reiqueijão

O governador do Parana, Requião misturou tudo ou foi uma piada fora de tom, sendo que estavam tratando do tema câncer de mama.



Mais musculoso que eu

Giuliano tem naturalidade romena, mas vive na Itália com sua família. O jovem que treina desde os 2 anos de idade, acaba de entrar para a nova edição do Livro dos Recordes, após uma apresentação em um programa de TV na Itália, onde andou 10 metros de cabeça para baixo com uma bola de peso entre as pernas. Ai eu pergunto, para que um Pai faz isso com a criança? Certo que é por grana, pois acredito que musculação para uma criança de 5 anos nào seja muito recomendado, concordo que temos que estimular o esporte e sempre apoiar as criancás nesse sentido, mas assim já é demais, parece um velho de 5 anos.

opinem

Escorregou na própria imbecilidade

Imbecil é imbecil, ainda mais quando enxerga algo para ficar brincando.

Imagem do dia

Esse aí é um pessoal ligado.
Todo mundo se divertindo, mas com segurança.
Se o fio elétrico não chega até o meio da piscina, uma ideia genial seria usar 2 Riders (bah, sumiram esses chinelos de tiozão de férias) que flutuam na água e servem de apoio.

P. Diddy elogia Brasil no Twitter

P. Diddy, que se apresentou no Rio de Janeiro no sábado, falou sobre a passagem pelo Brasil em seu Twitter: "Brasil! Bunda! Bunda! Bunda! Bundas redondas de primeira linha! Por todos os lados! É um tsunami de bundas!!!! Acho que gostei daqui!", escreveu o rapper. O Bolha na Rede traduz para você: "Pessoal, isso aqui é um grande puteiro, o maior do mundo, venham e façam turismo sexual. Pelé, samba, futebol, carnaval e putaria! Esse país é demais!".

Após o GRENAL

Lúcio afirma já estar de olho em 2010.

Uma análise crítica-irônica sobre o Grêmio no GRENAL

Victor - falhou, entregou o GRENAL, amarelou, mas tem crédito. Pode ficar de fora da Copa por ontem.
Fábio R. - está no nível de volantes como Gavião,
Souza - ouvi de um amigo gremista: "souza ciscador virou craque do Grêmio... ve se pode".
Lúcio - zoiudinho da mamãe, uma mistura de papeleiro com motoboy, não tem força, não tem mais velocidade, não tem chute, não tem nada, só tem olho.
Douglas Bosta - esse é seu novo apelido.
Herroera - eu consigo uns 10 atacantes melhores do que ele na várzea.
Autuori – como diria Severino o porteiro: “mas isso é uma bixona”. E o pior é que o Roth ta a 1 ponto do líder. Não pode ser coincidência o cara chegar nas boca 2 anos consecutivos com um timer desacreditado no início no campeonato.
Mário el loco Fernandes e Adilson são os 2 únicos que jogam alguma coisa e com as características do futebol gaúcho.



Mas quem sou eu pra fazer uma análise de um GRENAL.
Fala aí Autuori! "Perdemos, mas tivemos o controle do jogo"

Agora vamos ao Jogo

Simplesmente não entendo ontem o Gre-nal, aliás, uns dos mais chatos da história. Os dois times se preparam para não perder ou para atrapalhar o outro ao invés de querer ganhar, principalmente o grêmio e seu grupo pouco eficiente no ataque. Jogar com um atacante, pode ser bom na Europa, ou pelo menos em um time que treina mais do que uma semana assim, mas jogar um clássico com o Perea no ataque foi torturante, e mais, o guri que nunca havia mostrado futebol, Douglas a eterna promessa, ontem começou bem estava se soltando, mas no vestiário Autuori preferiu tirar ele, pois é mais fácil ou invés de tirar o inoperante Fabio Rockembach que nada jogou, que nada correu que nada fez, fora alguns lançamentos. Tudo bem, tudo bem, o time não se portou, mas Fabio distou outro que já venho a tempos de olho é o falastrão e promessas de comediante de stand up Souza, está falando demais e jogando de menos, não pode ser a única referência de criação do time do grêmio. E se vocês estão lendo o texto mesmo (sei que em tempos de internet é difícil) nem falei do Victor, mas o que falar dele, salvou o grêmio 20 vezes um dia tinha que falhar, pena que foi ontem.
Agora o inter.
Nunca vi o inter jogar tão cagado no Beira –rio, parecia que o medo de levar um gol poderia por tudo a perder, e talvez fosse, por isso Mario Sergio, aquele que nunca perdeu gre-nal seja qual for o lado, entrou com o muro de Berlin, sim de Berlin, pois guina não é argentinho é um nazi argentino em campo, tamanha vontade e obstinação no que faz, cego em marcar, roubar e tocar de primeira, cego como muitos nazistas em atrocidades nos frios campo de concentração. O resto todo mundo já conhecia o inter, tirando o lateral Daniel, Taison mais uma vez não jogou bem, Alecsandro muito isolado, Giuliano o melhor do colorado, lúcido, participativo e dalessando, bem dalessando resolveu chutar e Victor resolveu dar uma mãozinha, for aisso, Lauro nem tocou na bola, também pudera Perrea no Ataque sozinho é dose para mamute.
Bem ai estava desenhado, inter com duas linhas de quatro fortes e o grêmio com três volantes e três zagueiros. Só podia resultar uma coisa, meio campo, bola quebrada, volante se metendo de armador, armador tendo que voltar para buscar bola, atacante morrendo à míngua, laterais presos nos lados, pouco toque de bola, coisa que o inter teve mais que o grêmio talvez ai esteja uma diferença no sentido de controlar o jogo em momentos finais principalmente.



Penso que muitos jogadores devem treinar muito bem, acabarem com os treinos, pois muitos não merecem mais titularidade em ambas as equipes. Mas tudo passa tudo sempre passará e nada fica na ficará, o inter segue com chances, boas chances, e o grêmio fica na mesma com o detalhe que o ano tricolor acabou, agora é sacudir a poeira limpar o grupo e pensar 2010, alias essa direção tem que pensar bem.

Onde fomos parar?!

No mundo do futebol, sempre existe a frase pronta quando o assunto é a relação clubes e técnicos. Ninguém ousa fugir do lugar comum, e afirmam diariamente que clube bom é aquele que foge do passional, mantém técnico e insiste em convicções e não em resultados.

Muito bonito na prática. Praticamente questão de prova de uma cadeira do curso de jornalismo ali do meio da faculdade. Mas acreditar em conceitos e persistir em não dar créditos ao clamor popular é mais imbecil do que seguir esta cartilha de diretor moderno politicamente correto.

É isso que acontece com a direção gremista. Apoiada em convicções estúpidas , burras e prepotentes, coloca em prática suas idéias e seus conceitos imbecis, de quem claramente não entende bulhufas de futebol e também da preferência de seus torcedores.

Desde que me conheço, Grêmio é Grêmio, Paulo Autuori é Paulo Autuori e incompetência é incompetência. Mesmo que o significado dessas palavras não tenha mudando, sempre aparece um inovador para ir de encontro a estas premissas. Diante dessas imbecilidades parece que a maneira “moderna” e “certa” de se administrar um time de futebol é botar seus conceitos em primeiro lugar, perante uma tradição, uma idéia de futebol já enraizada no âmago de todos torcedores, funcionários e demais gremistas.


Não há lógica para isso. Não existe fórmula que sustente que o Grêmio tenha que ser um time aguerrido, que prevaleça a força, que técnico tenha que ser gaúcho, que a bola parada é melhor do que o toque de bola; realmente não há. Mas há a certeza que esse é o caminho. Pra que um time de tantas vitórias e de tanto respeito mudaria isso para se tornar um qualquer? Se todo ano batemos no peito e nos orgulhamos de não ser um Flamengo, um Cruzeiro, um Fluminense, um qualquer, por que transformaríamos nosso futebol, nossa cultura para nos nivelarmos com tais times?

Se é pra perder, que ao menos percamos como Grêmio. Sem soberba, sem ser envolvente, sem convardia, sem desculpas, sem Paulo Autuori, sem Meira, sem Duda Kroeff; e principalmente, sem vergonha!